Cruroplastia (cirurgia de coxa)

A alternância do peso, emagrecimentos e envelhecimento são os principais fatores que trazem flacidez a parte interna da coxa, resultando em um excesso de pele na região.

 Indicação

  • Pode-se optar pela cirurgia de cruroplastia para reduzir excesso de pele na parte interna da coxa, resultando em um contorno de coxa mais natural e rígido.

 Tipo de Anestesia

  • Existem 2 tipos que são indicadas: peridural ou geral.

 Complicações

  • São difíceis de acontecer, porém podemos citar as mais comuns: hematoma, seroma, infecção, queloide, necrose e abertura dos pontos, embolia e problemas com a anestesia.

  • Se a técnica cirúrgica for bem implementada e o paciente seguir os conselhos pós-operatórios, a chance de que ocorram complicações diminui drasticamente.

 Resultado

  • O resultado definitivo pode ser visto após 6 meses, que é o tempo de amadurecimento da cicatriz e acomodação dos tecidos.

 Pós-operatório

  • Recomenda-se que o paciente evite uma realizar excesso de movimentos, principalmente abrir muito as pernas por aproximadamente 1 mês, já que pode acabar alargando os pontos que se encontram próximo a virilha.