Blefaroplastia (cirurgia de pálpebras)

Com o passar do tempo, a pele da pálpebra perde a sua rigidez, e isso causa um excesso de pele e o aparecimento de bolsas de gordura sob as pálpebras. Isso resulta em aspecto de rosto cansado e abatido.

A blefaroplastia reduz o excesso de pele e as bolsas de gordura, deixando as pálpebras lisas e isso traz de volta os traços e expressões de um rosto mais jovem e descansado.

 Indicação

  • Pode-se optar pela cirurgia de blefaroplastia para diminuir a flacidez das pálpebras, excesso de pele e bolsas de gordura.

 Tipo de Anestesia

  • Existem 2 tipos são indicadas: local ou local com sedação.

 Complicações

  • São difíceis de acontecer, porém podemos citar as mais comuns: hematomas, infecção, abertura dos pontos, inversão da pálpebra inferior e problemas anestésicos.
  • Se a técnica cirúrgica for bem implementada e o paciente seguir os conselhos pós-operatórios, a chance de que ocorram complicações diminui drasticamente.

 Resultado

  • Deve-se esperar aproximadamente 6 meses para que a cicatriz amadureça. Mas após 3 meses, já se alcança 80% do resultado esperado.

 Pós-operatório

  • Existe o inchaço e manchas vermelhas que podem variar em sua intensidade mas somem por completo em até 2 semanas.
  • Algumas recomendações são importantes: usar compressas geladas de soro fisiológico ou água boricada nas próximas 48 horas após a cirurgia.
  • É importante evitar o calor (banho quentes) e evitar a exposição do rosto ao sol durante 3 meses. Recomenda-se o uso de óculos escuros.